Rumo à Portugal e Africa do Sul

É com grande satisfação e um misto de frio na barriga e expectativa, que anuncio o avanço do Curso Repórter TV para sua primeira jornada Internacional. Com o apoio fundamental da Federação dos Jornalistas de Língua Portuguesa, em 2016 , vamos levar nosso trabalho para a Europa – Portugal e Africa do Sul, a todos os países que falam a Língua Portuguesa. Com sua devida autorização, reproduzo aqui a carta de nosso presidente da FJLP, colocando todo seu apoio em cima deste projeto que nasceu em 1999 e promete não morrer tão cedo. E vamos nós..

É com satisfação que recebo essa notícia e o pedido de apoio para uma possível formação (atualização) em reportagem de TV aos nossos colegas lusófonos, incluindo Macau e Portugal, mas, sobretudo nos países africanos de língua portuguesa.
Você é nosso parceiro em formações desde os tempos de nossa atuação na Regional do Sindicato dos Jornalistas, depois na nossa passagem pela Secretaria do Interior e, ainda, na Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ.
Tivemos o prazer de acompanhar o desenvolvimento e também as formaturas dos jornalistas nessa área do jornalismo que você conhece tão bem pela atuação profissional que teve na TV Globo e na TV Record.
Copio nossos colegas nos países africanos e espero, sim, que possamos contribuir para com a viabilização do curso não apenas em Luanda, mas, também, e quem sabe, em Maputo (Moçambique), Praia (Cabo verde), Bissau (Guiné Bissau), São Tomé (São Tomé e Príncipe), enfim, espero que os colegas possam interagir com você e comigo com vistas a viabilização dessa formação, que, pode ser pensada para meados de 2016.
Grande abraço em todos e aguardamos pelas manifestações de interesse.
Saudações

Alcimir Carmo, presidente da Direcção Executiva na FJLP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *